Site ou Facebook | Qual é o melhor para a minha empresa?
5 (100%) 1 vote

Nesse artigo você irá saber se é melhor ter Site ou Facebook para a sua empresa

Você deve se perguntar ao iniciar um novo negócio, qual estratégia para marketing digital é a ideal, investir na criação de um site institucional ou fazer uma página no Facebook? Ou seja ter um site ou um Facebook. Existe uma grande chance de que uma decisão equivocada nesse momento, afete diretamente o faturamento e o posicionamento como marca de sua empresa. Saiba agora se você precisa de somente uma fã page, um site, ou os dois.

Fique tranquilo, nesse artigo eu vou lhe apresentar a diferença entre os dois e você entenderá porque investir em diferentes estratégias é fundamental para o seu negócio.

Mas primeiro, se você ultimamente tem ouvido muito falar em site responsivo ou site adaptado para dispositivos móveis e não sabe o que significa, clique aqui e leia tudo sobre.

Continue lendo este artigo para saber mais sobre:

• Vale a pena ter um site?
Qual a melhor estratégia? Site ou Facebook?
• Diferenças entre Site e Facebook no mundo das vendas

Site ou facebook

Vale a pena ter um Site?

Essa é uma pergunta que muitos empresários, empreendedores e profissionais liberais tem feito todos os dias, será que realmente vale a pena investir na criação de um site? Não é melhor simplesmente usar o Facebook, já que é uma rede social que cresce a cada dia e teoricamente é sem custo?

Muito cuidado com o erro de ter somente uma estratégia. Algumas empresas enfrentaram momentos difíceis nos últimos meses, quando o Facebook fez algumas alterações nos feeds de notícias diminuindo o alcance das publicações. Não arrisque a saúde da sua empresa confiando em somente uma única estratégia.

“Mas a minha empresa possui 5 mil curtidas na sua página do Facebook”.

Como eu disse anteriormente, ter uma página no Facebook, aparentemente não possui um custo, porém utilizar essa página como única forma de divulgação do seu negócio é um erro, pois o Facebook no mês de Março, diminuiu o alcance das postagens para apenas 1% do número de curtidas (leia a notícia no site Administradores), ou seja, as empresas precisarão investir mais em postagens patrocinadas para que tenham o mesmo retorno que tinham há 2 ou 3 anos atrás por exemplo.

Qual a melhor estratégia? Ter um Site ou apenas o Facebook?

Eu digo sem sombra de dúvidas que o ideal é que se tenha os dois, um site é totalmente customizável e você poderá fazer alterações sempre que precisar, assim você poderá adaptá-lo as necessidades de sua empresa, colocar as informações de forma organizada e profissional.

Uma outra vantagem é associar plataformas extras como Blogs por exemplo, que são importantes para melhorar a experiência e o tempo do usuário em seu site, além de trazer mais visitantes do Google.

Assim você poderá utilizar o Facebook, para a sua real função, criar um vínculo com a sua audiência, fazer com que ela engaje com a sua marca a partir de postagens exclusivas, notícias e novidades.

Para que uma empresa tenha sucesso nas redes sociais, é necessário que ela tenha muita informação e pouca propaganda, pois ninguém gosta de ver muita propaganda enquanto se está acessando o feed de notícias e por esse motivo, empresas que utilizam a estratégia de ter apenas uma página no Facebook e postar muita propaganda, podem até ter algum resultado, mas com certeza não é um resultado sustentável a longo prazo, além de que este resultado poderia ser muito maior com as estratégias corretas.

criação de sites rio de janeiro

Diferenças entre Site e Facebook no mundo das vendas

No mundo das vendas, as pessoas seguem um padrão lógico para efetuar a compra de um produto: Desejo / necessidade, interesse, pesquisa e compra. Vamos ver como esse padrão funciona no no site, 90% das pessoas utilizam o Google como fonte de pesquisa:

  • O cliente já possui o desejo de compra do seu produto, ele já está na fase do interesse e da pesquisa
  • O cliente procura pelo seu produto no Google
  • O cliente acessa o seu site, conhece a sua empresa, vê o conteúdo relevante e atualizado
  • O cliente adquire o produto.

Esse é o passo a passo normal das pessoas utilizam a internet para pesquisar e adquirir produtos / serviços. Já no Facebook, esse processo é um pouco diferente, pois muitas vezes o cliente não está buscando o produto ou serviço em si, ele está apenas utilizando a rede social, logo ele está em um passo anterior ao interesse / pesquisa, você precisa despertar o interesse dele. Vejamos o comportamento:

  • O cliente está acessando o Facebook, compartilhando fotos, vendo as notícias, etc
  • Nesse momento ele vê o produto
  • Clica no link ou não
  • Vê a informação e pensa em comprar ou não

Percebam que a intenção do cliente é diferente nos dois casos, no Google, o cliente já está decidido em comprar um produto. No Facebook ainda não, por esse motivo eu reforço que o ideal é que se invista nos dois, com estratégias bem organizadas e definidas.

Agora imagine se o cliente estiver pesquisando sobre o seu produto no Google e não lhe encontrar, você perderá essa venda simplesmente por ter apostado na estratégia errada, pois como eu disse anteriormente entre site ou Facebook, fique com os dois, se você ainda tem dúvidas, ou precisa de ajuda em seu projeto de marketing digital, calma que posso lhe ajudar, entre em Contato comigo e me diga como está a situação de sua empresa nesse momento.

analise gratuita

Vicente Barreto

Empreendedor, consultor de marketing digital e especialista em vendas online.

Pin It on Pinterest

Share This